A Paraíba possui pouco mais de 9 mil mandados de prisão não cumpridos, sendo o mais antigo deles de abril de 1997. Os dados são do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e constam no Banco Nacional de Mandados de Prisão. O órgão mostra ainda que aproximadamente 144 mil mandados de prisão no Brasil aguardam cumprimento.

Em entrevista ao Portal MaisPB, o delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaias Gualberto explicou que não há um motivo específico para o não cumprimento das ordens de prisão. Contudo, Isaias afirma que os mandados cumpridos “nos últimos oito anos geraram um aumento de 30% da população carcerária do estado”, o que, consequentemente, gera superlotação nos presídios. O delegado disse que são cumpridos em média 1.500 mandados por ano na Paraíba.

Um mandado é uma ordem judicial escrita, sempre expedida por um juiz, que pode ser de ordem temporária ou preventiva contra um cidadão. Essa decisão é tomada após o término do inquérito policial ou durante o curso da investigação.

Disque Denúncia

O delegado Isaias pede para que, caso um cidadão tenha informações sobre alguma pessoa foragida ou que tenha um mandado de prisão em seu nome, entre em contato com o Disque Denúncia, pelo número 197. A ligação pode ser feita de maneira anônima.

A ferramenta recebe em torno de 3.500 a 4.000 ligações por ano, e é uma eficiente forma para que a população contribua com o trabalho da Polícia Civil. O serviço está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

Bruno Marinho – MaisPB